O respeito é bonito e toda a gente gosta

07:54

Uma das coisas que me faz alguma confusão em Coimbra é o modo vida loca estar sempre ligado no pessoal. É como se esta cidade só servisse para apanhar bebedeiras, sair à noite e fazer porcaria. Esquecem-se que há pessoas que se deitam cedo, pessoas que descansam, famílias com crianças, idosos, gente que trabalha...e essas pessoas muitas vezes são os nossos vizinhos do lado.
Infelizmente não me calhou grande vizinhança, dado que são várias as noites em que acordo porque estão a dar uma festa às duas da manhã no prédio da frente ou ao fundo da rua, esquecendo-se sempre do facto de existirem outras pessoas à volta. Pois esta foi a noite em que me passei dos carretos quando, às duas da manhã, sou acordada por um bando de morcões a entoar cânticos desportivos no apartamento abaixo do meu. A estrondeira era tal que eu conseguia distinguir perfeitamente o que eles diziam (ou melhor, gritavam), e parecia que estava tudo a acontecer na minha cozinha ou no corredor.
Por isso, às duas da matina, de pijama e uggs pretas, fui obrigada a levantar o rabo da cama e ir lá abaixo armar estardalhaço com a anfitriã da festa que ainda se sentiu no direito de, cheia de moral, reclamar do facto de eu estar a queixar-me. Como não me deixei ficar, lá acabou por acalmar um bocado o discurso, às tantas um dos rapazes presentes na festa também foi falar com o Gui para pedir desculpa e eu fiquei ali quase a partir para cima da rapariga em questão. No entanto, como ela mudou a frequência e decidiu finalmente pedir desculpa e dizer que ia resolver o assunto, lá voltámos nós para a cama na tentativa de retomar o sono que entretanto já se tinha ido embora.
Só que já diz o povo que de boas intenções está o Inferno cheio, pelo que a barulheira ainda durou mais uma hora e meia e juro que a sorte deles foi eu não ter carregado o telemóvel, porque a sério que tinha ligado para a Polícia.

Qual é o problema do pessoal em respeitar os outros? Podem divertir-se, podem encabrar-se, podem fazer o que quiserem, mas há sítios próprios para isso e por alguma razão existem regras a cumprir no que toca a barulheira à noite. Acho que não é difícil perceber a ideia.

Lê também

2 comentários

  1. Que falta de respeito... sempre ouvi dizer que, em apartamentos a partir das 22h nao se pode fazer barulho, quanto mais as 2 da manha... enfim, malta que vai para a universidade para andar na ramboia, a estragar o dinheiro dos pais, deviam ter vergonha em fazer isso!
    Se o queriam fazer, iam para alguma discoteca ou bar, ai nao incomodavam ninguem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pelos vistos há pessoal que não percebe isso

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário!